07/07/2012

Entenda as siglas das lentes parte 2 de 8


Nesse nosso segundo post irei falar sobre as siglas da marca Canon.

• FD – Manual Focus – Focagem Manual
Lentes FD são as lentes de foco manual da Canon. Possuem um sistema de alavancas e pinos mecânicos que transmitem informações de abertura para o corpo da câmera. Mas, por isso, não podem ser usadas diretamente em câmeras da linha EOS. Para essas, é preciso um adaptador próprio.

• EF – Electro Focus – Focagem Eletrônica
Criado pela Canon em 1987, é um sistema totalmente eletrônico de transmissão de informações da lente para o corpo da câmera, desenhados exclusivamente para o sistema EOS.
O sistema trouxe uma série de inovações, como redução de ruídos, maior precisão e rapidez de foco, controle eletrônico de abertura. Tudo isso e muito mais graças a um microchip localizado na lente, que pode informar se algo não está funcionando. Como só podem ser utilizadas na linha EOS, por terem diâmetro interno de 54mm e externo de 65mm, são identificadas com um ponto vermelho próximo ao mount de encaixe ao corpo.

• EF-S – Electro Focus Short Back Focus – Foco Eletrônico Curto Posterior
São lentes projetadas para a linha EOS de câmeras digitais equipadas com sensores APS-C. Essas lentes foram projetadas para sensores menores que o frame de 35mm, por isso, não podem ser utilizadas em câmeras full frame. Elas são mais compactas, com menos elementos óticos e possuem uma distância focal posterior mais curta em relação ao posicionamento do sensor APS-C. Elas são identificadas por um ponto quadrado branco localizado próximo ao encaixe do mount.

• EOS – Electro-Optical System – Sistema eletro-ótico
Sistema de Câmeras SLR da Canon e seis assessórios lançados em 1987. As lentes dessa linha são controladas eletronicamente, sem dispositivos mecânicos para ajuste de foco ou abertura.

• UD – Ultra Low-Dispersion Glass – Elemento de Dispersão Ultra Baixo
Têm cristais com um índice de refração menor que o de cristais comuns, permitindo uma foto com maior fidelidade de cores.

• L
São as lentes top, feitas com os melhores elementos e mais profissionais da Canon. Seus elementos óticos são construídos com elementos asféricos, tratamento apocromático e antirreflexivo e cristais UD, S-UD ou fluorita. Possuem foco e retrofoco de última geração, fazendo do foco automático mais rápido. E, mesmo com o autofoco ligado, o fotógrafo pode focalizar manualmente. Existem duas explicações para o L dessa linha. Uma diz que significa Low-Dispersion (baixa dispersão), outra diz que significa Luxury (Luxo).

• DO – Diffractive Optics – Ótica Difrativa
Essa tecnologia permite lentes menores e com maior correção de aberração cromática, sem comprometer a qualidade da imagem. Seus elementos óticos trabalham em conjunto, para diminuir as distorções de imagem. A qualidade é tão boa, que essa linha chega a rivalizar com algumas lentes da série L, sendo mais baratas.

• USM – Ultrasonic Motor – Motor Ultrassônico
Essas lentes trabalham com motores ultrassônicos, que realizam movimentos induzidos por vibração de alta frequência, para fazer o autofoco. Assim, as lentes focalizam de forma rápida e praticamente silenciosas ao ouvido humano. As mais caras, chamadas FTM (Full-time Manual), permitem o foco manual todo o tempo. Já as mais baratas, não suportam esse sistema. Geralmente, as lentes USM são da linha L, mas as que não pertencem à essa linha, são identificadas por uma faixa dourada no final do corpo.

• IS – Image Stabilization – Estabilizador de Imagem
São lentes que permitem fotografar em velocidades mais baixas, diminuindo o efeito da vibração nas imagens. Estabilizam a imagem a partir de sensores que identificam o tremor e movem pequenos motores, para deslocar a projeção da imagem, compensando a vibração. Permitem fotos sem tremor em até 3 f/stops abaixo da velocidade recomendada.

• TS-E – Tilt Shift Lens
Já tentou fotografar um prédio com uma grande angular e ele aparece “torto” nas bordas? As lentes TS-E corrigem justamente essa distorção. Com essas lentes, o fotógrafo controla em que ângulo vão estar os planos que limitam a profundidade de campo.

Abraços e boas fotos.

Nenhum comentário: