06/03/2012

Dicas para voltar ao mercado de trabalho

Estava conversando com uma amiga, pensado qual seria o próximo post do blog. Acabou que resolvemos o tema quando ela comentou que sua mãe estava pensando em voltar ao mercado de trabalho mas não sabia por onde começar.

Lembrei de alguns comentários do Max Gehringer sobre esse assunto e resolvi coloca-los aqui junto com outras dicas. Para inicio de conversa, já digo que não há uma formula mágica e nem milagres. A ideia é correr atrás e fazer acontecer.

Infelizmente, uma carreira se desenvolve de forma contínua e pausas quebram essa continuidade. Os selecionadores de empresas, com muitos candidatos para escolher quando uma vaga é oferecida, acabam optando por aqueles que possuem uma trajetória sem interrupções, tanto em estudo, quanto em experiência prática. Como sempre surgem candidatos que preenchem satisfatoriamente esses dois requisitos.

Quem pretende voltar ao mercado de trabalho precisa antes de tudo saber o que pode oferecer. Liste seus conhecimentos e trajetórias profissionais. Depois , reflita se você quer continuar na área ou investir em outra. Também é importante voltar a estudar. Um “upgrade” curricular é sempre bem vindo e tornará você mais atraente. Procure assuntos na área de interesse que você possa desenvolver e corra atrás de cursos, isso irá mostrar que você está preocupado em estar atualizado. Quanto mais conhecimento conseguimos acumular, mais entendemos que ainda falta muito para aprendermos.

Torne a tecnologia sua aliada: procure na internet onde estão as empresas que precisam de você. Foque nas pequenas e médias, que tendem a valorizar sua maturidade. A melhor forma é navegar em sites como catho.com.br, vagas.com e para os da área de TI, o e-panelinha.com.br. Converse com amigos e retome o contato com ex-colegas de trabalho. Participar de eventos também facilita. A intensão é melhorar a sua rede de relacionamentos. Nesse ponto, sites de redes sociais também ajudam.

Arrume o seu currículo de forma coerente e não minta. Se sua ausência do mercado de trabalho foi marcada por algum curso ou iniciativa profissional, inclua isso no documento. Caso contrário, relate apenas os últimos empregos e, numa possível entrevista, diga que você se afastou por um projeto pessoal.

Agora um ponto importante: prepare-se para aceitar possíveis propostas de salário inferiores a suas antigas experiências. Lembre-se que em determinados momentos precisamos descer alguns degraus para conseguir subir outros. Uma vez, o site da Apple divulgou um trecho do currículo do Steve Jobs onde dizia: “... estou disposto a demolir paredes, construir pontes e acender fogueiras. Tenho uma grande experiência, um monte de energia... e não tenho medo de começar do zero.”

Boa sorte.
Um abraço a todos.

Nenhum comentário: