16/03/2012

Configurando o Endian Firewall – Parte 2

Dando continuidade ao post do dia 09/03/2012, mostrarei como refinar a configuração do Endian Firewall.
Dividirei esse tema em vários posts, senão, a leitura ficará muito cansativa e criar esses posts demandam muito tempo de pesquisas, testes e escrita. A primeira vista, você pode achar um pouco complicado, mas tendo uma noção básica de rede TCP/IP, portas de comunicação e protocolos de rede, você consegue se dar bem com esse sistema.


3 – Primeiro acesso após a configuração inicial

Após a conclusão da configuração inicial, execute o seu navegador e acesse o endereço que você configurou a interface de rede verde. Exemplo: https://192.168.0.98:10443. Entre com o usuário e senha cadastrados e confirme. Se tudo deu certo, será exibida a tela abaixo.


Essa é a tela principal do Endian Firewall. Nela encontramos diversos tipos de informações como, por exemplo, versão no Kernel, tempo ativo, consumo de CPU e memória, estado de alguns serviços, consumo de banda e etc. 

No canto esquerdo da tela principal, existe um menu com várias opções. Faremos um “tour” nos menus e darei algumas dicas de configuração.

3.1 – Configuração de Rede


Nesta opção é possível alterar as configurações das interfaces de rede. Essa etapa já foi configurada na instalação, mas se quiser fazer alguma alteração, o lugar é aqui.

3.2 – Notificações de Eventos


As notificações de eventos são importantes para que sejam gerados alertas caso algum evento ocorra. Para que essa opção funcione corretamente é necessário que as configurações de e-mail tenham sido configuradas corretamente na instalação. 

Selecione a opção “notificação pelo endereço de e-mail predefinido” e clique no botão “salvar”. 

Caso não tenha configurado na instalação, selecione a opção “notificação pelo endereço de e-mail indicado”, preencha as informações corretamente e clique no botão “salvar”. 

Dica: Na opção “smarthost de e-mail” preencha com o endereço do servidor de envio (SMTP) do seu provedor.

 3.3 – Senhas


Nessa opção é possível alterar as senhas do Endian Firewall. Digite a senha desejada, confirme no campo de baixo e clique no botão “alterar senha”.

3.4 – Console Web


No console web é possível digitar comandos para personalização de arquivos e alteração de parâmetros dos serviços que não é possível fazê-los pela interface web. 

3.5 – Acesso SSH


O acesso SSH é destinado à administração do Endian através de linha de comando. 

Fiz alguns testes e consegui acessar o sistema de arquivos do Endian Firewall através do software WinSCP. Esse software ajuda bastante porque ele oferece acesso ao sistema de arquivos do Endian como se fosse um “windows explorer”, podendo copiar, mover e excluir arquivos com auxilio do mouse. 

Para que isso funcione é necessário que o serviço SSH esteja habilitado. 

Para habilita-lo clique no botão “habilitar acesso seguro ao shell” e depois clique no botão “salvar”. 

Dica: Somente deixe habilitado esse serviço se realmente for usar. Caso contrário deixe-o desabilitado. Muitos dos ataques de hackers acontecem porque o administrador de rede deixou o serviço habilitado sem necessidade e com senha fraca. 

3.6 – Configurações da Interface


Nessa opção você pode escolher o idioma da interface web do Endian Firewall. Selecione do desejado e clique no botão “salvar alterações”. 

3.7 – Cópia de Segurança


Nessa opção você cria uma cópia de segurança das configurações do Endian Firewall. 

Dica: Sempre que fizer alterações, crie uma cópia e exporte para uma fora do Endian Firewall.

3.8 – Desligamento


Nessa opção você pode reiniciar ou desligar o Endian Firewall. Para executar essas ações é só clicar no botão desejado. 

3.9 – Créditos


Nessa tela são mostrados os nomes das pessoas envolvidas na produção do Endian Firewall. 

Nos próximos posts serão mostrados mais funções e configurações do Endian Firewall. 

Um grande abraço e até o próximo post.

4 comentários:

DougSky disse...

Otima iniciativa..parabens!!!

Anônimo disse...

como eu faço para poder usar o terminal service. Gostaria de poder usar o NAT para direcionar acessos da porta 3237 para um servidor dentro da minha rede.
Teria como você postar um tutorial ensinando?
Desde de já muito obrigado.
Seus tutoriais estão muito bons, melhor ainda é o fato de estar na ultima versão.

Beto Ribeiro disse...

Obrigado por compartilhar este maravilhoso post.

Beto Ribeiro disse...

Excelente Post. Obrigado por compartilhar conhecimento xD