25/02/2012

Montando um jogo de lentes com pouco dinheiro!

Todo fotógrafo "amador", tem como sonho e/ou meta capturar "a imagem" forte, com luz sublime e linda, "o flagrante" perfeito carregado de emoções em momentos especiais, de seus filhos e filhas, esposa, pais ou mesmo namorada!
Mas sempre esbarra em limitações de luminosidade, tendo de recorrer à luz do flash pop-up ou do flash externo para iluminar a tão sonhada e esperada "imagem"!
O uso da luz de flash comentada acima é plana, tira os relevos da imagem e chama a atenção das pessoas, destruindo a possibilidade de flagrantes sucessivos.

Por este motivo, existe o culto a LEICA M8, por ter obturador silencioso, ser pequena, mínima e vir com uma lente extremamente luminosa, características que possibilitam sucessivos flagrantes!
Podendo recorrer então a aberturas extremas da lente, como f/1.4 e velocidades de obturador em torno de 1/30 sem tremer, em caso de levíssimo tremido, adeus à nitidez da imagem, o que muitos confundem com lente suave, de pouca definição. Falo de fotos sem flash.

Hoje, graças ao avanço violento da tecnologia, podemos obter resultados excelentes na caça da imagem dos sonhos, bastando que se escolha de forma correta um jogo pequeno e versátil de lentes luminosas, aliadas aos excelentes ISO 800 e mesmo 1600 dos CMOS atuais, mas que não quebrem as finanças do amador.

É normal um amador olhar para as lentes profissionais e se pegar suspirando com a possibilidade de um dia poder comprar alguma ou quando não todas, claro, se a esposa ou as reservas financeiras assim o permitirem, o que nunca acontece!

Mas esquece do elemento essencial desta equação.

O que é realmente necessário?

As grandes imagens de flagrantes, normalmente têm dois elementos chaves essenciais:

1ª Captura a luz ambiente lateral, envolvente, delicada, de plasticidade maravilhosa, por criar relevo, tridimensionalidade.

2ª Destaque do modelo (figura) do fundo, criado por forte diferença entre nitidez / desfoque, o que conduz os olhos do observador para as áreas em foco, nítidas, sem o fundo distrair, brigar pela atenção.

Os dois elementos juntos criam imagens únicas, contrastes suaves, pela passagem de tons entre claro e escuro ser muito delicada e rica em gradação de tons nas lentes luminosas, acrescido do fato destas lentes em suas aberturas máximas (f/2.8/ f/2/ f/1.4), terem um contraste mais baixo, pastel, mesmo em condições de alta relação de contraste entre luz & sombra, possibilitando muitas gradações de tons entre claro & escuro, ideal para construir uma imagem com pele delicada para crianças e mulheres de todas as idades.
A área em foco das lentes luminosas tende a ter um contraste maior em relação à área fora de foco, reforçando a tendência dos olhos do observador buscar a emoção do sorriso, surpresa ou mesmo lágrimas na face, por contraste de cores e nitidez/desfoque.


Separados os elementos essenciais, vamos agora buscar encaixar no orçamento limitado de um amador as lentes de melhor custo benefício, mas para garantir que não se perca uma parte do investimento feito, recomendo a compra de lentes projetadas para formato Full Frame / FX, que serão usadas a qualquer momento em câmeras FX, como as atuais D800 e D3.

Seguramente em 3 anos, a Nikon irá lançar algum modelo no valor de mercado da atual D90 em formato FX, então as lentes indicadas serão usadas sem o menor problema.
No caso de câmeras DX, para o amador, recomendo fortemente a D90, não só por ser uma D300 enfiada no corpo de uma D80, com foco extremamente rápido, mas por ser a primeira da linha amadora com motor de foco interno, item obrigatório para poder aproveitar as excelentes e de baixo custo lentes D, que não tem o motor SWM interno, portanto precisam do motor interno da câmera para fazer foco.

Normalmente o amador sonha com a excelente, mas cara, (R$3.000 a R$3.200, usada), AF-S 17-55 f/2.8G ED DX, que alem de não poder ser totalmente aproveitada em uma câmera FX, tem muitas limitações para o amador que sonha com imagens arrebatadoras, capazes de deixar todos da família encantados com os belíssimos flagrantes.
Mesmo sendo uma lente luminosa, f/2.8, tem a limitação do peso, custo, luminosidade, se comparada com lentes f/1.8, sendo curta (55mm) para retratos ou flagrantes que exigem distanciamento do modelo, alem de distorcer em retratos mais próximos que a linha da cintura.

Por um valor igual ao da AF-S 17-55 f/2.8G ED DX, é possível ter lentes excelentes, significativamente mais adequadas à produção de imagens com os elementos essenciais descritos acima, como luminosidade, desfoque e contraste suave, pastel a partir de f/2.8, ideal para peles delicadas ou que precisam ficar delicadas, sem marcas de expressão tão evidentes, já presentes em mulheres alem de 28 anos.

Listadas abaixo, são as lentes que fazem um trabalho infinitamente superior para as necessidades do amador que precisa de flagrantes em luz ambiente do interior das residências ou mesmo em cerimônias religiosas, como um batizado ou mesmo casamento em uma igreja bem iluminada:

AF 85 f/1.8D – Excelente desfoque, nitidez, cores e contraste forte de f/2.8/ f/4/ f/5.6, e suave em f/2.5/ f/2.2/ f/2/ f/1.8. Ideal para flagrantes e retratos, pois a distância de trabalho é acima de 2 metros, o que diminuiu muito o ruído do obturador, não inibindo a modelo e principalmente crianças por se clicar distante, sem chamar atenção com o barulho do obturador.
R$800,00


AF 50 f/1.8D – Acompanha as mesmas características da AF 85 f/1.8D, mas é indicada para tomadas mais amplas do grupo e retratos até ½ corpo sem distorções, close-up, jamais, por distorcer o rosto, a AF 85 f/1.8D é a especialista.
R$400,00

AF 20-35 f/2.8D – Excelente custo benefício, luminosa, robusta, cores, contraste e definições excelentes, era a lente profissional, lançada especificamente para trabalhar com a câmera D1 para fotojornalistas. Indicada para tomadas totalmente amplas, capturando perfeitamente a luz ambiente, possibilitando retratar o clima exato do momento em família, sem uso do flash.
R$1.900,00


A soma das três lentes pouco usadas, em ótimo estado, encontradas nas lojas fica entre R$3.000 a R$3.200, exatamente o valor da AF-S 17-55 f/2.8G ED DX, mas TODAS as três lentes indicadas rendem 100% em câmeras FX (D800 / D3), o que garante que o preço não irá cair ao longo dos anos.

Ao amador que avançar e resolver fazer cobertura profissional de eventos, essas três lentes, mais um segundo corpo D90, e um flash SB 600, estará capacitado a fazer casamentos, obtendo com as lentes fixas, flagrantes e tomadas somente com a luz da igreja, da pista de dança ou do bufett infantil.

A forma de trabalhar em eventos:

D90 + AF 20-35 f/2.8D + SB600

D90 + 50 f/1.8D + AF 85 f/1.8D

Espero ter ajudado aos amadores que querem evoluir em busca de imagens arrebatadoras, sem quebrar financeiramente, com a garantia de preservar o capital investido, tendo um equipamento que o qualifique a fazer coberturas profissionais.

Abraços e boas fotos!

Nenhum comentário: