26/04/2011

O que é JavaScript?

Atendendo a pedidos, vou fazer alguns posts falando sobre JavaScript. Para muitos isso já é um assunto bem batido, mas para outros, principalmente para os iniciantes, é um assunto a se pesquisar e aprender.

A idéia aqui é, que em posts alternados com outros temas, eu explique alguns conceitos básicos e também algumas práticas básicas para facilitar a vida de quem está iniciando no desenvolvimento de sites e sistemas para a web. Falarei do JavaScript em si e também do tão famoso JQuery, mostrando a utilização de alguns plugins.

JavaScript é uma linguagem de programação criada pela Netscape em 1995, que a princípio se chamava LiveScript, para atender, principalmente, as seguintes necessidades:


  • Validação de formulários no lado cliente (programa navegador);
  • Interação com a página. Assim, foi feita como uma linguagem de script. Javascript tem sintaxe semelhante à do Java, mas é totalmente diferente no conceito e no uso;
  • Oferece tipagem dinâmica - tipos de variáveis não são definidos;
  • É interpretada, ao invés de compilada;
  • Possui ótimas ferramentas padrão para listagens (como as linguagens de script, de modo geral);
  • Oferece bom suporte a expressões regulares (característica também comum a linguagens de script).

Sua união com o CSS é conhecida como DHTML. Usando o Javascript, é possível modificar dinamicamente os estilos dos elementos da página em HTML.

Dada sua enorme versatilidade e utilidade ao lidar com ambientes em árvore (como um documento HTML), foi criado a partir desta linguagem um padrão ECMA, o ECMA-262, também conhecido como ECMAScript. Este padrão é seguido, por exemplo, pela linguagem ActionScript da Adobe(Antigamente Macromedia, porém a empresa foi vendida à Adobe).

Além de uso em navegadores processando páginas HTML dinâmicas, o JavaScript é hoje usado também na construção do navegador Mozilla, o qual oferece para a criação de sistemas GUI todo um conjunto de ferramentas (em sua versão normal como navegador, sem a necessidade de nenhum software adicional), que incluem (e não apenas) um interpretador de Javascript, um comunicador Javascript <-> C++ e um interpretador de XUL, linguagem criada para definir a interface gráfica de aplicações.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário: