23/12/2008

Windows XP continua vivo

Embora tenha imposto a data limite de 31 de janeiro, a Microsoft anunciou que vai oferecer licenças do Windows XP a empresas de hardware até 30 de maio de 2009.

O adiamento aconteceu devido à preferência dos consumidores pelo XP, e a fraca aceitação em relação ao Windows Vista - apesar da companhia alegar que as vendas andam boas.

De acordo com uma pesquisa feita pela Net Applications, pela primeira vez em quase vinte anos, o Windows tem menos de 90% de usuários totais: os sistemas operacionais da Microsoft foram utilizados por 89,6% do mercado, no mês de novembro.

O Windows 7, a próxima aposta da Microsoft, quer pegar os usuários do XP que não sentem necessidade de migrar para o Vista. Entre os recursos responsáveis por isso, estão um sistema de boot rápido e o Surface.

Nenhum comentário: