04/12/2008

Máquina do Big Bang - Reparo de US$ 29 mi

Reparar o gigantesco colisor de partículas construído para simular o "Big Bang" pode custar até 35 milhões de francos suíços (29 milhões de dólares), anunciou na sexta-feira o Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern).

Ao anunciar novo adiamento na retomada das atividades do Grande Colisor de Hádrons, que agora deve acontecer apenas na metade do ano que vem, James Gillies, porta-voz do Cern, informou que os reparos custarão 15 milhões de francos suíços, e que peças sobressalentes poderiam custar 10 milhões a 20 milhões de francos suíços adicionais.

O colisor foi projetado para recriar as condições que existiram logo depois do Big Bang, que para a maioria dos cosmologistas foi o momento de criação do Universo, 13,7 bilhões de anos atrás.

O aparelho gera colisões entre feixes de partículas em velocidades próximas à da luz. Os físicos planejam observar os resultados dessas explosões em busca de partículas novas ou até agora não observadas, com base nas quais novos segredos da ciência poderiam ser revelados.

Nenhum comentário: