15/08/2008

Mobilidade: você realmente usa isso ?

Muito se fala sobre o conceito de mobilidade em TI mas poucas pessoas realmente aplicam o conceito.
Notebooks, HD Portáteis, Pen Drives, Smathphones e NetBooks são exemplos errados do conceito real de mobilidade.
Talvez não errado, mas no mínimo incompleto.
Mobilidade é sinônimo de dados e aplicativos disponíveis independente do local ou dispositivo que você use para acessar.
Digo isso porque estou escrevendo esse post de uma lan house no bairro Barra Funda (SP) enquanto espero o escritório filial do nosso cliente Brasildoc abrir (cheguei cedo demais).
Já tem um tempinho que eu não venho aqui, então simplesmente esqueci o nome da rua.
Para não ficar "perambulando" de táxi por ai, entrei no Google Maps e imprimi o mapa de como chegar ao escritório (mantenho cadastrado todos os endereços que preciso).
Veja bem, eu até estou com o notebook na mochila, mas simplesmente não quis me dar o trabalho de pegá-lo: foi mais fácil entrar na lan house e imprimir o mapa.
É nesse ponto que eu digo que as pessoas erram na mobilidade.
A mobilidade não é carregar um hardware com você (seja pequeno ou grande) para todos os cantos, mas sim manter uma infra estrutura que permita acessar e usar os recursos que precisa mesmo estando fora do escritório.
Lógico que eu não vou desenvolver um diagrama de banco de dados em uma lan house, mas se for necessário posso daqui fazer pequenas alterações ou correções.
Entenderam onde quero chegar ?
Existem vários produtos e logísticas para isso: Terminal Services, Citrix, VMWare, VNC, Hamachi, No-Ip e outras.
Cada caso é um caso e cabe ao responsável pela infra estrutura entender e aplicar a melhor solução que atenda as necessidades dos seus usuários.

Nenhum comentário: