10/06/2008

Fim do PC Frankenstein

O título é uma homenagem aquele personagem montado com vários remendos de corpos humanos. Faço um link com os computadores montados. Li isso na Internet e adorei a comparação.

Fico feliz observar que o Brasil está passando por uma grande mudança no mercado de informática. O preço “baixo” e a facilidade de pagamento estão levando o consumidor a preferir “maquinas de marca” a as montadas pelos técnicos primos de alguém. Viva!!!

Ontem mesmo fui ligar um DELL para a namorada do meu pai. Vai um conselho: vale a pena pagar um pouco mais e comprar de uma marca de qualidade superior, que você pode ter certeza que a garantia funciona. Evite comprar computador no super-mercado perto de casa. Faça antes uma pesquisa. Eu gosto muito da DELL e da HP. Nunca compraria um CCE, Amazon ou Positivo.

Agora os computadores estão no centro das nossas vidas. Não dá mais para arriscar no amadorismo. A garantia e estabilidade do computador de uma BOA marca fazem você ficar muito mais tranqüilo. Estamos na era de comprar computadores em lojas especializadas ou direto com o fabricante (como você pode fazer com a DELL, basta entrar no site). Hoje é ideal ter um desktop fabricado por quem deve e pode: empresas de verdade, robustas, seguras e dentro da legalidade.

2 comentários:

Anne disse...

AAa não Eduardo, isso varia muito... vc n pode julgar um livro pela capa... pra mim vc está indo pela cabeça da INFO, que agora mesmo disse q ia fazer uma "super matéria" com as novas marcas de 3G e só colocou marcas super conhecidas... cadê a QTEK, CECT, Foston?
Eu tive um note CCE por 2 anos q valeu muito mais a pena que um Vayo que comprei agora, em relação ao custo-benefício; preferi trocar ele por um acer... fui na onda que era "sony vaio" e quebrei a cara...
Tecnologia não existe mais essa coisa de marca, vc não pode comprar pelo nome; olhe as especificações do produto, cada detalhe, tudo mesmo! Qtos toshibas tem por aí com processador Centrino, que é uma porcaria? Minha impressora HP quebrou primeiro que a Lexmark, que durou 8 anos... é tudo questão de saber escolher... por isso que eu digo: OLHE O QUE VOCÊ ESTÁ COMPRANDO, E NÃO O NOME DO APARELHO! Até pq não é o nome q vc vai usar

Eduardo L A Marques disse...

Anne, obrigado pelo comentário. Gostaria de falar que você está certa em falar que não posso julgar um livro pela capa. Não é isso que eu quis dizer. Neste blog, alem de um conteúdo técnico também tem posts com minha opinião pessoal e do Renato Bettim. Eu realmente não compraria um CCE ou um Amazon, pois ja tive problemas com as garantias das duas empresas. Gosto da DELL, comprei um note deles e fiquei apaixonado, mas seu que existem outras várias marcas boas. Trabalho com isso a MUITO tempo... tempo bastante para pegar algumas manias com marcas.

Mais uma vez muito obrigado pelo seu comentário. Se possível mande um e-mail para [email protected] com seus dados para contato. Assim poderei debater melhor o assunto por e-mail.