16/05/2008

Banda larga sem fio – O impulso do 3G

Não basta ter um equipamento móvel sem a conexão a redes de banda larga sem fio. Hoje é comum ter Wi-Fi embutido em praticamente todos os notebooks e as redes 802.11 estão cada vez mais popularizadas. Até o governo do estado do Rio de Janeiro entrou nessa e inaugurou a distribuição gratuita de banda larga wireless em Copacabana, gastando aproximadamente 4 milhões só neste projeto.

Acredito que ainda tem muito caminho pela frente para o wireless, mas quem anda subindo as escadas da fama no mundo da banda larga é o 3G. A Claro, uma das operadoras que já oferecem conexão pelos modens 3G, calcula que a banda larga móvel é responsável por 70% das vendas de 3G. Vale ressaltar que este serviço ainda está em fase de ajustes, pois a operadora não tem dado conta da alta demanda, com isso, muitos clientes tem reclamado de queda no sinal e oscilação da rede (velocidade).

Vale a pena ficar de olho no 3G. Eu já usei e fiquei super satisfeito. Realmente tem uma grande variação de velocidade e perda de sinal em algumas áreas, mas vale lembrar que no inicio das vendas de celulares no Brasil também havia gente reclamando de falta de sinal, hoje raramente acontece. É normal esse tipo de produto passar por esta faze de implantação. A Claro informou que já está trabalhando na ampliação de rede para adequar a demanda.

Nenhum comentário: